As cores… em retrospectiva…

Este blog tem como tema Retrospectivamente e não é só porque sim, é porque é uma palavra que te faz ir até ao passado e voltar. E o passado tem tanto… tanto de mau, tanto de bom, tanto de fantástico, tanto do que eu fui até hoje. Sempre me bate na memória a história, que sempre contam, que sempre passa nos filmes, que muitas vezes quando estás na pior te acontece, ver o filme da tua vida antes de morrer. Eu sou uma menina de retrospecção, sempre fui, só assim consegues ver como evoluis dia a dia, como cresces ano após ano, situação após situação. Temos sempre alguém na nossa vida que nos ensina, que nos educa, que nos diz, faz o que eu digo não faças o que eu faço, alguém que nos valoriza, alguém que nos odeia, alguem que nos ama quase de forma incondicional, quase, porque eu não acredito no incondicional. Existem sempre condições. Essas pessoas da nossa vida fazem com que nós sejamos pessoas únicas ou melhores ou piores… A mim incutiram-me desde criança que podia ser sempre melhor. Hoje sei, que posso ser sempre melhor. Parando a divagação eu continuo, na retrospectiva, não teria lógica este nome se não houvessem várias retrospectivas e retrospectivamente… E por isso hoje lembro de alguém que lia Margarida Rebelo Pinto, a primeira pessoa que me surpreendeu porque nunca tinha conhecido ninguém da sua especíme que o fizesse, e que pusessem na boca ou no papel as palavras da Margarida Rebelo, ou que pudessem definir as pessoas quase exactamente como ela o fez, trocando palavras por reticências…

“Tens qualquer coisa de oriental… talvez o olhar mais demorado, a cor dos olhos mais escura… mas nada disso é estranho porque não há em ti o mais pequeno traço de vulgaridade e é nos mais pequenos pormenores que se revela toda a verdade das coisas….
as cores… as texturas…o cheiro que se mistura com o da tua pele e que nunca senti em outra mulher….
mas tu… tu és toda diferente: nos gestos e nos pensamentos, na forma como cozinhas e te ris, na loucura com que te entregas, no cuidado que tens com os outros…
conheci-te…. tinha que ser num momento qualquer estranho, em que todos podemos fugir à realidade – e o teu sorriso franco chegou-me ao coração mesmo antes de ver a tua cara, que adivinhei redonda, generosa, como tu de corpo inteiro…perfeito que parecia pintado à mão ou saido…
São mulheres como tu que nos fazem, a nós homens, ter tanto medo das mulheres. Não de mulheres, mas de algumas mulheres, aquelas que o nosso entendimento sabe que nunca poderá alcançar, aquelas que posssuem tanto de divino como de carnal, tanto de puro como de perverso, tanto de certo como de errado.
Deve ser por isso….tenho tanto medo de lá ficar prisioneiro que fujo como um cão assustado, para mais tarde voltar, quando a carne me rebenta a pele e a minha boca só pensa na tua…
És um bicho delicioso, um animal quase selvagem, um bocado de céu na terra, uma encarnação de um diabo qualquer. Tiras-me o sono e a concentração, dás-me….
deve ser por isso que quando…. e  foi então que percebi que não podia voltar ao teu mundo , porque no teu mundo as cores mudam depressa e eu tenho medo da mudança, tenho medo da tua força e, como todos os homens, tenho medo de tudo o que não conheço ou domino. –
Pintar a vida – Margarida Rebelo Pinto”

As cores no meu mundo não mudam nem nunca mudaram assim tão depressa, a questão é que eu não me permito viver a preto e branco, viver na dúvida, viver sem saber o que quero hoje, ou sem desejar que chegue o amanhã, não me permito não ter vontades ou desejo, não permito que me digam “não és capaz”, e quando alguma dessas coisas acontece, agarro a força de dentro e deixo toda a gente seguir o seu caminho, porque eu tenho  a retrospectiva do meu, e quero ser sempre melhor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s