Persistência do tempo…

Às vezes sinto-me a perder tempo, há alguém que se farta de me dizer que o tempo nunca se perde, só se gasta melhor ou pior. Eu cá, continuo a achar que o tempo se perde. Perdes tempo quando sentes o mundo parar, porque te esqueces da velocidade daquela respiração, perdes tempo quando esqueces de como é teres uns braços abertos para ti, como é teres aquele sorriso, antes de se dissolver em ti como um pacote de açucar no café. Perdes tempo quando não te lembras do desejo de seres super cola 3, para que nunca te possas descolar daquele corpo. Dizem que o mundo não pára, mas pára, e até podes viajar além fronteiras, podes viajar com o corpo, a alma e o coração. Podes conhecer os corpos e as bocas de todas as nacionalidades, mas perdes tempo quando o teu coração não se agarra, quando não tens vontade de ficar, e desejar nunca ter de partir. Perdes tempo, e o mundo pára, quando não és sincero com os sonhos, com as vontades, quando não dás liberdade, quando não tens liberdade e perdes tempo, mesmo até quando a tua única busca, é a de liberdade. Perdes tempo quando não tens vontade de dizer, vou estar sempre ao teu lado, perdes tempo quando não sabes a distinção entre o lado direito e o esquerdo, onde está o coração. Perdes tempo quando te sentes como um vácuo de saudades, quando não tens vontade infinita de continuar, de proteger, de pedir, por favor, para ficar. Perdes tempo se tentas mudar o mundo, perdes tempo se não consegues fazer as outras pessoas felizes, perdes tempo se não acreditas na paz, e se um dia os teus ideais nao puderam ser sentimentos em ti, tranquilidade. Perdes tempo se não sentes a música,  se não houver vento e mar que te faça continuar. Perdes tempo se achas que há um caminho de volta, se não acreditas que tens sempre estrada para andar. Perdes tempo se não te resta força avassaladora para receber os tais braços abertos, se não acreditas que te podem aconchegar e beijar os ombros  se não acreditas que te podem aquecer o coração. Perdes tempo quando o gastas com alguém que não luta na mesma guerra, alguém que não protegerias a qualquer custo, perdes tempo se não existir na tua vida alguém que valha mais do que ela, perdes tempo quando apenas ficas a olhar o céu e a imaginar o quão azul poderia estar se não estivesse cinzenta a tua alma. Perdes tempo enquanto te fechas em ti próprio e não vês que o céu afinal está azul e que pairam notas musicais. Perdes tempo a ver filmes e a desejar ser uma das suas personagens, perdes tempo se não fores tu próprio a personagem do filme de alguém. Perdes tempo se não acreditas que o mundo pára, mas o mundo não roda um centimetro quando cuidas de mim. E eu sei que perdes tempo, e tu nunca irás saber se o mundo pára. Nem ninguém se a tranquilidade existe.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s