Alma…

“Minha alma tem o peso da palavra nunca dita, tem o peso de uma lembrança, tem o peso de uma saudade. Pesa como pesa uma ausência.” “Clarice Lispector”

Cada alma é como cada pessoa que a carrega. Está guardada dentro do coração que lhe dá vida a cada movimento de aurículas e ventrículos. Quando nos arrebatem o coração a alma quer-se escapulir, todo o movimento do músculo permite que a alma se deixe planar por entre todo o corpo e faz cócegas, as cócegas da felicidade. Quando nos magoam e todo o coração fica espremido a alma sufoca e faz-nos um peso insuportável, um peso morto. Gosto quando as pessoas conseguem definir assim uma alma, a sua própria alma. Peno por não conseguir definir a minha, indefinivel. Mas…em compensação sinto o seu peso, e as suas cocegas, sinto-a  a pairar dentro de mim, se é negra, azul ou cor de rosa pouco importa.Basta saber que lá está. E está guardada dentro do meu coração como uma bailarina dentro de uma caixa de música. Um dia umas mãos mágicas, vão descobrir a melhor forma de o abrir e libertar a alma, vão agarrar as minhas e dizer todas as palavras, viver todas as lembranças, matar todas as saudades e nunca deixar uma ausência – talvez vão pesar duas almas numa mesma balança em palavras nunca ditas.

One response to “Alma…

  1. Olá.
    Nossa. Realmente muito bonito o que você escreveu.
    Simples, porém interpretativo o suficiente a ponto de fazer-nos pensar.
    Apesar de não ter lido muitos, gostei do estilo dos seus textos.
    Parabéns.

    Rodolfo Sampaio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s