Sim, eu sei…

Uma dia entendes que de tudo o que vives ficam as recordações. Engraçado… eu que sempre me considerei despegada a cada dia que passa encontro mais recordações do que as que esperava. Não sabia que guardava tantas coisas dentro de mim. Mas sempre que ouço a alma, lá estão elas gritando. Fazem-me querer chorar. Fazem-me sorrir. Uma das melhores personagens da minha vida, apareceu do nada, numa situação completamente surreal, onde eu nunca deveria ter estado. Mas apareceu e ficou. Por pouco tempo, e para sempre. Ensinou-me que afinal não corro sempre atrás do que quero, às vezes corro com medo do que sinto…que afinal não sou a miúda que tem sempre resposta para tudo, mas a quem só faltam respostas. E hoje por entre o bau das recordações, descubro que ainda estou a aprender com cada uma dessas lições, no meio de tudo isto encontro saudades. E milhares de quilometros de distância.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s