Vida morta…

Quando a vida é muito pouco. Quando a morte é muito mais. Quando a morte nos rouba os sonhos, os planos, as alegrias, quando a morte nos rouba o amor. Quando a morte nos rouba um amigo, um marido, um pai. Quando a morte nos rouba, e ainda que a nossa vida possa continuar, não é mais a mesma vida. Não existem sonhos, nem planos nem alegrias, com um defunto. A morte só nos deixa recordações. Deixa-nos a lembrança que a vida é muito pouco. Quando a morte rouba a vida que é a nossa vida, mata-nos também. A morte é muito mais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s